Geral

WhatsApp lança função Comunidades no Brasil

Quem lembra do Orkut e recorda de como era o seu funcionamento, possivelmente vai associar a nova ferramenta do WhatsApp aos tempos da antiga rede social. O aplicativo de mensagens lançou no Brasil a função WhatsApp Comunidades, que permite a reunião de até 50 grupos diferentes falando sobre um mesmo assunto. As informações são do Estadão.

As diferenças entre as comunidades de uma e outra rede social começam na quantidade de pessoas que podem ser adicionadas. Enquanto o Orkut contava com milhões de pessoas, o WhatsApp irá permitir a organização de vários grupos e o envio de mensagens para até 5 mil pessoas.

Uma boa maneira de exemplificar é pensar na criação de uma comunidade falando de futebol. Lá terão 50 grupos falando das séries A e B do Campeonato Brasileiro, por exemplo, ou ainda de futebol europeu e asiático. Dessa forma, serão cinco mil pessoas em torno do tema central, na mesma janela.

Segundo o Estadão, a Meta, gerenciadora do aplicativo, entende a ferramenta como uma forma mais simplificada dos usuários acessarem serviços e mensagens de escolas, condomínios, organizações não governamentais, entre outros. Assim, é possível associar o recurso ao aperfeiçoamento das listas de transmissão, ou então a possibilidade de expandir a mensagem a grupos com o mesmo interesse.

A Rede DEMAIS FM também passa a utilizar esse recurso, unindo os grupos de notícias Demais News.

Lançamento do WhatsApp Comunidades

Lançado quase no fim do primeiro mês de 2023, o recurso de Comunidades já era usado em outros países, entretanto a disponibilização no Brasil foi adiada após conversas com o Tribunal Superior Eleitoral sobre as eleições de 2022 e o risco da disseminação de notícias falsas prejudicarem a disputa.

Com o fim do pleito, a empresa decidiu implantar a função Comunidades por aqui no início deste ano, informando a decisão à Procuradoria Geral dos Direitos do Cidadão, do Ministério Público Federal, que havia feito a mesma recomendação do TSE.

 

Fonte: ZH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias