Geral Segurança

Assistência Social de Rio do Oeste pede doação de materiais de limpeza

Com a possibilidade depois de mais de dez dias de retomar a vida, os moradores de Rio do Oeste, aos poucos, iniciam o processo de limpeza de casas e comércios que foram atingidos pela enchente. A cidade agora precisa passar por mais um obstáculo: a falta de material de limpeza.

A assistente social do município, Marilene Moratelli detalha que com a falta dos produtos, a solidariedade de todos os moradores de Santa Catarina é muito importante para o reestabelecimento da cidade.

Todas as doações são aceitas. Elas devem ser encaminhadas para a Câmara de Vereadores, onde estão sendo concentrados os produtos e a entrega. “Faço um apelo de quem conseguir doar para o município, principalmente, produtos de limpeza. Outros itens são bem-vindos, mas precisamos de material para limpeza”, explica Marilene.

Rio do Oeste permanece com três abrigos abertos, com mais de 330 pessoas desalojadas. Nesta manhã, após uma semana, o nível do rio Itajaí Oeste ficou abaixo dos 9 metros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias