Geral

SENAI Alto Vale tem cerca de 700 jovens nos cursos de Aprendizagem Industrial

Indústrias do Alto do Itajaí contrataram quase 700 jovens com idades entre 14 e 24 anos, que estão realizando os cursos de: Assistente Administrativo; Operador de Produção Industrial; Operador de Manutenção Eletromecânica; Desenhista Mecânico; Eletricista Industrial; Mantenedor de Sistemas de Automação Industrial; Mecânico Industrial; Assistente de Planejamento e Controle da Produção.

Neste ano, as empresas precisam se adequar às mudanças na Lei do Aprendiz (Lei 10.097). Agora, apenas jovens a partir de 18 anos podem trabalhar nas áreas de produção. Já as funções administrativas, logísticas e desenhistas podem ser executadas a partir dos 14 anos de idade.

Outra mudança é que o SENAI passou a registrar os cursos e os aprendizes no Cadastro Nacional de Aprendizagem Profissional (Sistema do Ministério do Trabalho). Por conta disso, no contrato de trabalho deve constar o nome do curso e a função que o jovem irá executar.

De acordo com as especificidades de cada curso, as atividades práticas deverão ser feitas na empresa, nas instituições que se enquadram como concedentes de experiência prática (Decreto 9.579)ou na entidade qualificadora.

O local das práticas precisa garantir a saúde, a segurança e a moral dos jovens com menos de 18 anos. As empresas podem solicitar um Laudo Circunstanciado ao Ministério do Trabalho para comprovar que o local de trabalho atende às normas.

Também houve alteração na carga horária diária, conforme a escolaridade. Para quem está cursando o Ensino Fundamental, a jornada pode ser de no máximo seis horas, com atividades teóricas e práticas. Para quem já completou o Ensino Fundamental é permitida jornada de até oito horas, incluindo teoria e prática.

Para mais informações: (47) 3531-2400

Assessoria de Imprensa

FOTOS: Jonatan Mota 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias