Geral Política

MDB reage às fake news e reafirma projeto à Assembleia

O MDB divulgou nesta sexta (13) uma nota oficial em que reafirma o projeto à presidência da Assembleia, com o deputado Mauro De Nadal, e nega que tenha apresentado nomes para assumir secretarias no governo Jorginho Mello (PL), no encontro desta quinta (12).

O que não consta na nota oficial é que o maior partido do Estado foi surpreendido com uma série de fake news geradas a partir da conversa do presidente Carlos Chiodini com Jorginho, que foi acompanhada pelo presidente da Assembleia Moacir Sopelsa e pelo próprio Mauro, no Centro Administrativo.

Por estas versões, não confirmadas pela sigla, os nomes dos deputados Mauro De Nadal, Volnei Weber e Jerry Comper, para citar alguns, estariam sendo oferecidos para cargos no governo.

A investida é vista como uma forma de tentar desmobilizar os deputados dos quatro blocos que apoiam Mauro para presidir o Legislativo, enquanto o deputado José Milton Scheffer (PP) declara que deputados integrantes de PSDB, PTB e União Brasil passaram a declarar voto a ele, juntamente com o Progressistas e o PL.

De fato, até agora, os emedebistas catarinenses não receberam sequer um convite oficial para entrarem na administração estadual em troca de apoio a Jorginho, tampouco o tamanho do espaço e as pastas que estão sendo oferecidas.

Leia na íntegra o que o MDB divulgou:

“Nota Oficial – MDB Santa Catarina

Frente às informações equivocadas publicadas nos últimos dias sobre cargos no Governo do Estado e a eleição para presidência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o MDB esclarece que:

  • O diálogo entre MDB e Governo acontece para a construção do relacionamento com o Partido. Em momento algum foram cogitados nomes para assumir secretarias de Estado.
  • O MDB mantém a coerência na construção do projeto para presidência da Assembleia Legislativa focado em fortalecer o parlamento independente.
  • O único projeto do deputado estadual de Mauro De Nadal nesse momento é desempenhar a missão de deputado estadual e construir uma Mesa Diretora representativa no parlamento catarinense.”

Menos enfática, a nova bancada do União Brasil também se manifestou

No início a noite desta sexta (13), uma outra nota oficial foi divulgada pelos três deputados que compõem a nova bancada do União Brasil na Assembleia.

Em síntese, o partido comandado pelo ex-prefeito da Capital Gean Loureiro, usou uma palavra interessante no atual contexto “autonomia”, o que sugere que marchará longe de alguma proposta que tenha as digitais de Jorginho e da bancada do PL.

Gean foi adversário de Jorginho e um dos alvos dos ataques na campanha de 2022, principalmente nas redes sociais.

Leia o que a bancada do partido divulgou:

Nota Oficial – União Brasil

A bancada do partido União Brasil, que assume em 1º de fevereiro na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), com apoio da direção partidária estadual, reafirma a postura de construção de um parlamento com autonomia em Santa Catarina. Estamos trabalhando pela  consolidação do Bloco (União Brasil/PSD/PTB) na Assembleia Legislativa para melhor desempenhar nossas funções Legislativas na defesa das pautas dos catarinenses.

Deputado Estadual Jair Miotto

Deputado Estadual Sérgio Guimarães

Deputado Estadual Marcos da Rosa”

 

 

Por: Por /SCC10

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias