Geral Saúde

Escolas estaduais terão Dia D de combate à dengue

Com o objetivo de conter o aumento de casos de dengue no estado, a Secretaria de Estado da Educação (SED) mobilizou 1.053 escolas para o dia Dia D de combate à dengue, que será realizado na próxima terça-feira, 4. Neste dia a SED convida todos os gestores escolares a montarem uma força-tarefa com atividades de conscientização e prevenção de combate a fim de conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que também é transmissor da zika e chikungunya.

A mobilização é uma parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), e foi divulgada nesta tarde, 29, em live com coordenadores, supervisores e gestores escolares do Estado. A principal ação recomendada é uma varredura dentro do espaço escolar em busca de quaisquer irregularidades que possam contribuir com os focos do mosquito. Dados da Dive mostram que somente no mês de março foram mais de 25 mil focos de Aedes aegypti em 215 municípios.

Segundo o secretário Estadual da Educação, Aristides Cimadon, é preciso intensificar ações de enfrentamento ao mosquito da dengue e envolver não só dos estudantes, mas toda a sociedade catarinenses. “O Governo de Santa Catarina já está unindo os esforços para cuidar da saúde de todos, é preciso que as escolas também se mobilizem ainda mais, já que temos visto ações sendo realizadas. É fundamental o trabalho de todos.”

A secretaria adjunta, Patrícia Lueders, destacou a importância da parceria intersetorial para que o trabalho de prevenção possa ser realizado dentro de cada escola. “Sabemos que cada escola já está realizando atividades, porém, esse dia serve para intensificar as ações já existentes.”

O superintendente de Vigilância em Saúde, Fábio Gaudenzi, participou da live e reforçou que o Dia D faz parte da mobilização para evitar a proliferação do mosquito, já que o ciclo de vida é de 5 a 7 dias. “Temos que entender que esse é um momento de intensificação, mas as ações precisam ser contínuas, é preciso evitar todo e qualquer lugar com água parada. A principal medida de prevenção da doença é eliminar os criadouros do mosquito”.

Alinhamento com coordenadores, supervisores e gestores

A convocação para o Dia D fez parte da reunião de alinhamento que contou com a participação dos coordenadores e supervisores das 36 coordenadorias, além dos gestores escolares.

Além da mobilização, durante a live foi tratado sobre a importância da alimentação escolar e o papel do gestor em garantir, com o Estado, uma alimentação de qualidade e nutritiva aos estudantes.

Por fim, os secretários reforçaram a importância da família na escola e relembram das atividades que devem ser feitas para o “Dia da Família na Escola” que será realizado no dia 15 de abril. Neste ano o tema “Saúde Mental: relações familiares e escolares” vai compor as atividades realizadas por cada unidade escolar.

O que fazer para combater a Dengue?

• Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;
• Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
• Mantenha lixeiras tampadas;
• Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
• Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
• Mantenha ralos fechados e desentupidos;
• Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;
• Retire a água acumulada em lajes;
• Limpe as calhas, evitado que galhos ou outros objetos não permitam o escoamento adequado da água;
• Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;
• Evite acumular entulho, pois podem se tornar criadouros do mosquito.

Por: SECOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias