Geral Política

Diagnosticado com pneumonia, Lula cancela agendas e adia viagem à China

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com pneumonia e vai adiar a viagem à China para o próximo domingo (26). O diagnóstico ocorreu após o presidente passar por uma bateria de exames no hospital Sírio Libanês, em Brasília, na noite de quinta-feira (23). O embarque estava previsto para sábado (25), em uma comitiva que vai reunir a ex-presidente Dilma Rousseff, ministros, parlamentares e empresários de vários segmentos do país.

Em nota, a assessoria de imprensa de Lula afirmou que “o presidente está com pneumonia leve e irá, por conta disso, adiar para domingo o início da sua viagem para a China”. Lula está em Brasília, no Palácio da Alvorada. Para esta sexta-feira (24), havia a previsão de uma reunião ministerial convocada de última hora pelo presidente. O encontro estava marcado para 10h30 com a presença do vice-presidente, Geraldo Alckmin, ministros da ala mais política e econômica, além de lideranças do governo no Congresso. O encontro, no entanto, foi cancelado. Lula vai passar o dia de repouso.

Entre os assuntos que devem ser tratados na viagem de Lula à China estão a invasão russa à Ucrânia, saúde, meio ambiente, indústria e a reforma de fóruns multilaterais, como o Conselho de Segurança da ONU. Também devem ser discutidas as relações comerciais, com foco nos setores industrial, agronegócio, transição energética e segurança alimentar. A comitiva brasileira deve ser composta de diversas autoridades, como os ministros Fernando Haddad (Fazenda), Mauro Vieira (Relações Exteriores) e Marina Silva (Meio Ambiente e Mudança do Clima).

Internações

Em novembro do ano passado, Lula foi internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para uma laringoscopia e retirada de uma leucoplasia na prega vocal esquerda. Leucoplasia é uma alteração na mucosa. No caso de Lula, da mucosa da garganta. O exame realizado não apresentou nenhuma alteração no tecido, segundo a equipe do presidente.

No início de novembro, antes de embarcar para a 27ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP27), Lula fez exames e confirmou uma inflamação na garganta decorrente do esforço vocal feito durante a campanha eleitoral e uma pequena área de leucoplasia na laringe.
Lula teve um câncer na laringe, em 2011, e encerrou o tratamento contra a doença em fevereiro de 2012.

Em fevereiro deste ano,  o presidente passou por uma bateria de exames em Brasília.

 

Por: R7 BRASÍLIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias