Geral

Com mais recursos, Terra Boa 2023 vai beneficiar 20 mil agricultores catarinenses

Os produtores rurais de Santa Catarina contam com o apoio da Secretaria de Estado da Agricultura para a aquisição de 430 mil toneladas de calcário. A ação faz parte do Programa Terra Boa, que contará com R$ 114,7 milhões em investimentos. A intenção é beneficiar 20 mil agricultores em todas as regiões.

“Santa Catarina é um estado produtor de excelência. O trabalho do homem e da mulher do campo ajuda a manter nossa economia forte e a qualidade da produção catarinense muito nos orgulha. Estamos investindo mais recursos no Terra Boa para reconhecer quem produz e fortalecer a agricultura catarinense em todas as regiões”, frisa o governador Jorginho Mello.

Com o Terra Boa, os agricultores podem retirar até 30 toneladas de calcário nas cooperativas e devolverem no próximo ano com o resultado da colheita. Caso opte por retirar o calcário nas empresas mineradoras, o produto é gratuito e o produtor se responsabiliza pelo frete.

O calcário é um insumo fundamental para correção de solo e aumento da produção agrícola. Para que a aplicação seja mais eficaz e siga a recomendação técnica, é indispensável a análise de solo.

Os produtores rurais interessados em participar do Programa Terra Boa devem procurar a Epagri do seu município.

Novas Fronteiras

A Secretaria da Agricultura destinará 30 mil toneladas de calcário para o Projeto Especial de Apoio à Expansão da Produção de Cereais – Projeto Calcário Novas Fronteiras, executado em parceria com a Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil).

Nessa modalidade, cada produtor poderá adquirir até 250 toneladas de calcário para produção de cereais de inverno. A área de abrangência do Projeto serão os municípios de atuação da Cravil, especialmente nas Gerências Regionais da Epagri de Lages, Rio do Sul e São Joaquim.

Terra Boa

Em sua nova edição, o Terra Boa terá 37% a mais de recursos disponíveis. O Programa irá incentivar a aquisição de 200 mil sacas de sementes de milho; 430 mil toneladas de calcário; 4.500 kits forrageira; 1.200 kits apicultura; 2 mil kits solo saudável e apoiará o cultivo de até 10 mil hectares de cereais de inverno, que serão destinados para a produção de ração animal.

SECOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Grupo de Notícias