Geral

Novo Presidente do Tribunal de Justiça contra censura prévia na imprensa e nas redes sociais

Foto: Fabricio Severino

 

O novo presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, desembargador Francisco José de Oliveira Neto, defendeu ontem, a liberdade de expressão, manifestando-se contra a censura prévia na imprensa e nas redes sociais.

Afirmou que controlar o debate público tem danos. “Não vejo o controle como algo bom para a sociedade”.

Durante entrevista inédita para todo o Estado, em sistema híbrido, falou dos compromissos do Judiciário nos próximos dos anos, apresentou o Plano de Gestão e definiu ações com todos os novos dirigentes presentes.

No brilhante pronunciamento da posse, o magistrado prestou homenagem aos colegas que o elegeram, aos familiares, aos amigos e a todos que contribuiram com a nova conquista.

E fez a defesa do Estado de Direito, enfatizando que dois pilares integram o sistema de Justiça: a Democracia e a Legalidade.

Destacou: “Democracia pressupõe o respeito ao direito da minoria”.

O Judiciário conta hoje com 12.000 servidores para o julgamento de 3.000.000 processos. E a entrada anual é de cerca de 1.000.000 de ações.

 

 

Por: Moacir Pereira/ND

Grupo de Notícias