Geral

Expedição “Os Caminhos do Tabaco”: um laboratório em lavoura itaiopolense.

 

O foco da 9ª Expedição Os Caminhos do Tabaco é a implantação de elementos tecnológicos na propriedade rural destinada à cadeia da fumicultura. Quando o assunto é inovação, logo se pensa em equipamentos, robôs, inteligência artificial, mas ela também pode ser aplicada por meio de novos processos, que dinamizam ou passam a oferecer maior produtividade para a mesma área cultivada. Na localidade de São Pedro, em Itaiópolis, Santa Catarina, há uma estrutura dedicada a ser teste para as novidades do setor. Trata-se de uma propriedade-pesquisa que, na prática, é como um laboratório ao ar livre. Depois de passar pelos laboratórios da empresa integradora, as ideias são postas em prática pelo produtor Emerson Gabriel Woiciechovski, 31 anos. Com ele atuam, durante o período de férias escolares, pois é professora, a esposa Camila e os sogros Cláudio e Janete.

Os testes são feitos tanto na parte técnica quanto no processo de produção. Um dos exemplos da utilização de equipamentos foi a instalação de uma estação meteorológica. Woiciechovski conta que a função não estava atrelada às medidas de quantidade de precipitação ou de estabelecer as previsões do clima para os próximos dias. “Com a câmera espectral conseguia fazer a percepção da fotossíntese, a evapotranspiração da planta, a quantidade de água que o pé perde”, explica. O produtor reforça que a estação consegue antecipar o estresse da planta, antes que isso possa ser observado por quem olha a plantação. A estação foi instalada e ficou um período em atividade, sendo plenamente aprovada pelo integrado. Depois, assim como os outros mecanismos de testes, foi retirado da propriedade. Durante o período em que esteve lá, coube ao produtor fazer os apontamentos e auxiliar os analistas de pesquisa da empresa, que visitam a propriedade, além do orientador tradicional.

 

Estação meteorológica antecipa alterações nas condições da planta / Foto divulgação
Estação meteorológica antecipa alterações nas condições da planta / Foto divulgação

 

Estação meteorológica antecipa alterações nas condições da planta / Foto divulgação
Estação meteorológica antecipa alterações nas condições da planta / Foto divulgação

 

No último ano, Itaiópolis passou a fazer parte do grupo de municípios que recebe o curso Aprendizagem Rural, promovido pelo Instituto Crescer, em parceria com empresas do setor da fumicultura. A formatura foi no Parque de Exposições da Expoagro Afubra, em Rio Pardo, onde a educadora de referência, Adriane Partala Alves da Silva, apresentou seu grupo. Este é integrado por Alefe Corrêa, Aline Miretzki, Aline Schauer, Angelina Kujavski, Dailson Constante, Daniel Faria, Diego Gabriel Kurzawski, Francieli Aparecida Kazmierski, Guilherme Rogalevski, Gustavo Luan Partala, Iago Slabiski, Jhonatan Silva Da Cruz, Joice Vitória Rogalski, Karen Sabrina Gruber, Karoline Lis, Lucas Daniel Senczak, Lucas Wilinski, Márcia Suzane Malczewski, Paula Gruber e Vinícius Wozniak Pickcius.

 

OBS: Matéria cedida gentilmente pelo produtor Emerson Gabriel Woiciechovski para a Demais FM.

Por: Jornal GAZ

Grupo de Notícias