Geral

Empresas atingidas pelas enchentes no Alto Vale, terão financiamento do BADESC a juro zero

As empresas dos municípios da região da AMAVI (Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí) que decretaram estado de calamidade pública em consequência das cheias dos meses de outubro e novembro, serão contempladas com financiamento do Badesc (Agência de Fomento de Santa Catarina), com juro zero. O anúncio foi feito pelo presidente da AMAVI, prefeito de Rio do Sul José Thomé, depois de audiência com o presidente da instituição, Ari Rabiolli, com o diretor-presidente do BRDE, João Paulo Kleinübing e equipe técnica. O valor a ser liberado é de R$ 150 mil para cada empresa. O pleito foi realizado em decorrência dos prejuízos elevados de inúmeras indústrias, comércios e prestadores de serviços, além de produtores rurais de toda a região.

Thomé destacou que essa foi uma conquista da associação. “Logo após a primeira enchente de outubro, mais exatamente no dia 16, encaminhamos essa solicitação em nome dos 28 municípios da região”. “A liberação vai contribuir para amenizar a grave situação do Alto Vale, neste momento de tantas dificuldades”, observou.

O presidente acredita que essa conquista vai refletir em outras regiões do estado que também foram atingidas, com os prefeitos decretando situação de emergência ou estado de calamidade pública. “Na segunda-feira estivemos com o secretário da Fazenda, Cleverson Siewert e com o presidente do Badesc e praticamente imploramos a liberação de recursos no valor de R$ 150 mil para cada empresa”, complementou Thomé.

Por: Assessoria de Imprensa AMAVI

 

Grupo de Notícias